A polícia apreende duas estátuas romanas do século 1 na Espanha antes de serem vendidas no mercado negro

A polícia apreende duas estátuas romanas do século 1 na Espanha antes de serem vendidas no mercado negro

Um par de Estátuas de bronze romanas do século 1 que deveriam ser vendidos no mercado negro, foram recuperados pela polícia em Jaen. As estátuas, no valor de seis milhões de euros cada, foram roubadas da cidade romana Sacilis Martialis, que se acredita serem duas representações de Castor e Pollux.

As estátuas, de 1,50 e 1,30 metros de altura, representam dois homens nus e cada peça pesa cerca de 30 quilos, mostrando um Boa condição geral, embora algumas partes como o seio de um ou a genitália de outro tenham sido perdidas.

A polícia conseguiu encontrá-los em uma fazenda em Pedro Abad, em Córdoba, cuja propriedade pertencia a dois irmãos que planejavam vendê-los pela metade de seu valor real. Segundo o Comissário Daniel Salgado, “deviam ser vendidos no mercado negro a um comprador italiano por meio de um intermediário. Agora a Interpol está por trás do comprador”.

As estátuas serão agora levadas para o Museu de Córdoba para ser restaurado.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes da arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: 8 Construcciones Antiguas Que Ya No Puedes Visitar