Anne Frances Robbins Davis Reagan - História

Anne Frances Robbins Davis Reagan - História

Como primeira-dama, Nancy Reagan era conhecida por sua elegância e estilo. Antes de se casar com Ronald Reagan, Nancy Davis foi uma atriz de sucesso, aparecendo em onze filmes. No entanto, ela costumava dizer que sua vida realmente começou quando "me casei com o homem que amava". Nancy Reagan tornou-se a defensora mais fiel de seu marido quando ele passou de presidente do Screen Actors Guild a presidente dos Estados Unidos.

Ela nasceu Anne Frances Robbins em Nova York. Sua mãe divorciada era uma atriz que mais tarde se casou com o proeminente neurocirurgião Dr. Loyal Davis. Dr. Davis mudou a família para Chicago e logo adotou a jovem Nancy. Ela frequentou o Smith College como formadora de teatro e foi para Nova York após a formatura. Eventualmente, amigos bem relacionados de sua mãe ajudaram Nancy a lançar sua carreira. Ela logo ganhou um contrato com a MGM e foi para Hollywood.


Primeiras-damas da América, # 40: Nancy Robbins Davis Reagan

Nancy Reagan, nossa quadragésima primeira-dama, nasceu Anne Frances Robbins (Nancy é um apelido comum para Anne) em 6 de julho de 1921, em Manhattan, Nova York. Filha única de Kenneth Robbins e Edith Luckett, ela passou os primeiros dois anos de sua vida na cidade de Nova York. Seu pai era fazendeiro e vendedor de carros, cuja família já fora próspera. Sua mãe era atriz. Sua madrinha era uma famosa estrela do cinema mudo chamada Alla Nazimova.

Logo após o nascimento de Nancy (seus pais a chamavam de Nancy desde o momento em que ela nasceu), seus pais se separaram e se divorciaram quando ela tinha sete anos. Após a separação, a mãe de Nancy viajou muito para encontrar empregos como atriz, e Nancy passou seis anos morando e sendo criada por sua tia e tio, Virginia Luckett e Audley Gailbraith, em Bethesda, Maryland. Nancy sentia falta da mãe e disse que seus momentos favoritos em sua infância eram quando sua mãe arranjava um emprego em Nova York e sua tia a levava de trem para ficar com sua mãe lá.

A mãe de Nancy se casou novamente quando Nancy tinha oito anos, com o leal Edward Davis. Davis foi um neurocirurgião proeminente que mudou a família para Chicago. Ele e Nancy se deram muito bem, e Davis mais tarde a adotou, mudando seu sobrenome de Robbins para Davis. No momento da mudança de sobrenome, seu primeiro nome também foi legalmente alterado, para Nancy.

Nancy se formou na Girls ’Latin School of Chicago em 1939 e frequentou o Smith College em Massachusetts, onde se formou em Inglês e Drama em 1943.

Depois de se formar na faculdade, ela trabalhou como auxiliar de enfermagem e balconista em Chicago, antes que os colegas de atuação de sua mãe a ajudassem a encontrar trabalho como atriz. Nancy apareceu em peças e musicais da Broadway, até interpretando uma personagem chinesa uma vez, quando um diretor disse que ela parecia chinesa.

Eventualmente, esses papéis na Broadway levaram a um teste de tela, no qual ela passou, e ela se mudou para a Califórnia com um contrato de sete anos com a MGM Studios. Ela acabou aparecendo em onze filmes, geralmente interpretando uma “dona de casa leal” e / ou uma “jovem mãe responsável”. Sua atratividade, junto com seu comportamento distante e discreto, a tornou perfeita para esses papéis, e ela se tornou estigmatizada como eles.

Depois de seu último filme em 1958, ela apareceu como atriz convidada em programas de televisão por um tempo, finalmente se aposentando como atriz em 1962. Nancy namorou vários atores famosos durante sua carreira de atriz, incluindo Clark Gable, Peter Lawford e Robert Stack. Ela conheceu seu futuro marido, o também ator Ronald Reagan, em novembro de 19491, quando percebeu que seu nome estava em uma lista negra de Hollywood. Como Ronald era então presidente da guilda de atores de tela, ela procurou sua ajuda para que seu nome fosse removido. Ronald descobriu que ela havia sido confundida com outra atriz com o mesmo nome e Nancy foi removida da lista negra.

Nancy e Ronald começaram a namorar depois disso, e a imprensa acompanhou de perto o relacionamento deles. Notou-se que eles não iam a boates em seus encontros, e a imprensa os apelidou de "casal livre de vícios". Ronald havia se divorciado da atriz Jane Wyman e estava namorando outras mulheres além de Nancy, já que o divórcio o deixava cauteloso quanto a um novo casamento.

O casal namorou por três anos e, eventualmente, decidiu se casar. O casamento foi em 4 de março de 1952, em Los Angeles o casamento foi pequeno e organizado rapidamente para evitar a imprensa. Sua filha Patricia nasceu oito meses depois, seguida seis anos depois por seu filho, Ronald, Jr. Ronald já tinha dois outros filhos por seu casamento com Jane, Maureen e Michael Reagan.

Ronald e Nancy sempre foram conhecidos por serem íntimos um com o outro e demonstraram seu afeto aberta e frequentemente. Aqueles que os conheciam disseram que nunca deixaram de se cortejar. Ronald chamou Nancy de "mamãe" e Nancy chamou Ronald de "Ronnie". Certa vez, Nancy disse à Vanity Fair em uma entrevista que sua vida realmente começou com "Ronnie" e que ela não conseguia imaginar a vida sem ele. Quando Ronald morreu em 2004, Charlton Heston disse que foi o fim do maior caso de amor da história da presidência americana.

Quando Nancy se tornou a primeira-dama, a Casa Branca havia, mais uma vez, caído em ruínas, como tantas vezes nos dois séculos anteriores. Nancy queria renová-lo, como outras primeiras-damas haviam feito, para torná-lo um "primeiro lar" adequado. Em vez de usar fundos do governo como seus predecessores fizeram, no entanto, ela usou doações privadas. Ela redecorou várias salas da Casa Branca e todo o segundo e terceiro andares, bem como a sala de coletivas de imprensa. Ela trouxe algumas antiguidades da Casa Branca que estavam armazenadas há anos e também exibiu alguns de seus próprios itens colecionáveis ​​e de Ronald. Ela disse que queria que a Casa Branca fosse uma casa nacional da qual todo o país pudesse se orgulhar.

Nancy também gostava de entreter, muito mais do que seus predecessores imediatos, Pat Nixon e Rosalynn Carter. Nancy organizou 56 jantares oficiais durante seu tempo na Casa Branca, e sempre disse que hospedar era fácil, que tudo que você precisava fazer era se divertir e fazer alguns negócios. Ela era conhecida entre os funcionários da Casa Branca por ser difícil de trabalhar durante os jantares oficiais, porque era muito perfeccionista quando se tratava deles.

Nancy permaneceu politicamente ativa depois de deixar a Casa Branca, embora tenha passado muito de seu tempo cuidando pessoalmente de Ronald, que anunciou em 1994 que havia sido diagnosticado com Alzheimer. Ela insistiu em cuidar dele pessoalmente tanto quanto podia e sempre foi sua protetora mais feroz, começando com a tentativa de assassinato contra ele em 1981.

A própria Nancy morreu de insuficiência cardíaca congestiva em 6 de março de 2016, aos 94 anos. Representantes de dez famílias antigas e atuais compareceram a seu funeral na Biblioteca Presidencial Ronald Reagan em Simi Valley, Califórnia. Havia um bom número de celebridades de Hollywood lá também. Cerca de mil convidados compareceram. Nancy foi enterrada ao lado de Ronald, como ela teria desejado.


Infância instável até a adolescência

Agora mãe solteira, Luckett tentou por dois anos manter a filha com ela, levando a criança de um emprego para outro e de teatro para teatro. Em dois anos, porém, a atriz percebeu que a criança precisava de um ambiente mais tranquilo. Ela enviou Reagan para morar com sua irmã, Virginia Galbraith, e o marido de sua irmã, em Bethesda, Maryland. Embora fosse "uma família calorosa, estável e feliz ... e eu fosse tratado com muito amor", como Reagan lembrou mais tarde, ainda foi "um período doloroso" e a jovem Reagan sentia falta da própria mãe.

Em 1929, Luckett casou-se com Loyal Davis, um neurocirurgião proeminente e bem-sucedido de Chicago. Davis adotou a filha de 16 anos de sua esposa e Reagan rapidamente o aceitou como seu pai. Como Sra. Davis, Luckett abandonou sua carreira peripatética de atriz depois de se casar novamente, embora continuasse a trabalhar em novelas de rádio e mantivesse contato frequente com seus muitos amigos do teatro. Spencer Tracy, Mary Martin e Walter Huston, que eram hóspedes frequentes na casa de Davis, provaram ser inestimáveis ​​para Reagan mais tarde em sua carreira e também se tornaram amigos para toda a vida.

Reagan ficou fascinada pela profissão de sua mãe desde muito jovem. "Eu adorava me vestir com suas roupas de palco, colocar maquiagem e fingir que estava interpretando seus papéis", escreveu ela em suas memórias. "Não consigo me lembrar de uma época em que não me interessasse por teatro, e na escola meu principal interesse era drama. ... Atuei em todas as peças da escola." Como estudante no Massachusetts 'Smith College, ela se formou em inglês e teatro, ela não apenas atuou em várias peças no campus, mas também passou os verões como estagiária de verão.

Como Nancy Davis, Reagan ganhou seu primeiro papel profissional em uma produção em turnê de Pousada em ruínas. Ela se juntou ao elenco em Detroit e viajou com eles até o show chegar a Nova York, onde ela decidiu permanecer. Poucos meses depois, ela conseguiu um papel em Canção para alaúde, estrelando Yul Brynner e a amiga da família Mary Martin, que seria sua única aparição na Broadway. Reagan conseguiu alguns pequenos papéis no teatro e na televisão antes de assinar um contrato com a Metro-Goldwyn-Mayer em 1949. Nesse mesmo ano ela conheceu Ronald Reagan, um ator da Warner Brothers e presidente do Screen Actors Guild, o homem que se tornaria ela futuro marido.


Anne Frances Robbins, mais conhecida pelo nome profissional de casada Nancy Reagan, nasceu em 6 de julho de 1921, em Manhattan, Nova York, EUA, e faleceu em 6 de março de 2016 em Los Angeles, Califórnia, EUA. Ela foi uma atriz que apareceu em mais de 20 títulos de filmes e TV, mas provavelmente é mais conhecida por ser a primeira-dama dos Estados Unidos (1981-1989), como esposa de Ronald Reagan, o 40º presidente.

Então, você já se perguntou o quão rica Nancy Reagan era? Segundo fontes, estimou-se que o tamanho total do patrimônio líquido de Nancy era de US $ 25 milhões, acumulado principalmente por meio de sua carreira como atriz, mas também por meio de seu envolvimento na política como a primeira-dama.

Nancy Reagan era filha única de Kenneth Seymour Robbins, que trabalhava como vendedor de carros, e de sua esposa, Edith Prescott Luckett, que era atriz e neta da estrela de cinema Alla Nazimova. Ela morou com seus pais em Queens, Nova York, até que seus pais se divorciaram quando ela tinha apenas dois anos de idade, e ficou com sua mãe, passando a infância em Bethesda, Maryland. Mais tarde, quando sua mãe se casou novamente com Loyal Edward Davis, ela se mudou com eles para Chicago, onde Nancy frequentou a Girls 'Latin School of Chicago, após o que ela se matriculou no Smith College em Massachusetts e se formou em Língua Inglesa e Drama em 1943. Certo. após a formatura, ela trabalhou brevemente em uma loja, mas sob a influência de sua mãe começou a seguir a carreira de atriz.

A carreira de atriz profissional de Nancy começou na década de 1940, com uma pequena ajuda dos atores Walter Houston e ZaSu Pitts, amigos de sua mãe. Seu primeiro papel foi em "Ramshackle Inn", de Pitts, em 1949, e então sua carreira só cresceu, assim como seu patrimônio líquido. Antes da década de 1950, ela apareceu em produções como “The Doctor And The Girl” (1949) e “East Side, West Side”. Durante a década de 1950, graças à sua boa aparência e popularidade, Nancy apareceu em filmes e séries de TV como "Shadow On The Wall" (1950), "Night Into Morning" (1951), "Talk About A Stranger" (1952), “Shadow In The Sky” (1952), “Donovan's Brain” (1953).

Nancy se casou com Ronald Reagan em 1952 e se tornou uma esposa e dona de casa dedicada, no entanto, ainda conseguiu manter sua carreira de atriz fluindo e, na segunda metade da década de 1950, apareceu nos filmes "Hellcats Of The Navy" (1957) e "Crash Landing ”(1958). Antes de se aposentar como atriz, Nancy apareceu na série de TV “87th Precinct” (1962), “The Dick Powell Theatre” (1962) e “Wagon Train”.

Como seu marido se envolveu na política e se tornou governador da Califórnia, Nancy o seguiu em um papel coadjuvante e foi a primeira-dama da Califórnia, e quando ele se tornou presidente dos EUA com muito respeito, Nancy assumiu o cargo de primeira Senhora dos EUA. Durante sua carreira política, ela ficou conhecida por iniciar a campanha “Just Say No” contra o uso de drogas, voltada para adolescentes e jovens a pararem de usar drogas.

Se for para falar de sua vida pessoal, Nancy Reagan estava casada com Ronald Reagan e depois cuidou dele já que ele era portador do mal de Alzheimer, até sua morte em junho de 2004 o casal teve dois filhos - Ron Reagan e Patti Davis - ambos envolvidos na indústria do entretenimento como atores. Em 2000, publicou o livro “Eu te amo, Ronnie: as cartas de Ronald Reagan a Nancy Reagan”. Ela faleceu de insuficiência cardíaca congestiva aos 94 anos.


Biografia de Nancy Davis Reagan

Nancy, Loyal Davis, Charlotte Gailbraith. 1928

Nancy Reagan (6 de julho de 1921 a 6 de março de 2016) foi atriz de cinema e televisão, mãe, segunda esposa do presidente Ronald Reagan, primeira-dama da Califórnia e dos Estados Unidos e envolvida em várias instituições de caridade

Nancy Davis Reagan (Anne Frances “Nancy” Robbins) nasceu em 6 de julho de 1921 na cidade de Nova York, filha única de Kenneth Seymour Robbins e Edith Prescott Luckett. Seus pais se separaram logo após seu nascimento. Após a separação, Edith continuou perseguindo sua carreira de atriz e acabou colocando Nancy, de dois anos, aos cuidados de sua irmã e cunhado Virginia e Audley Gailbraith em Bethesda, Maryland. Nancy viveu com os Gailbraiths pelos seis anos seguintes.

Edith Luckett casou-se novamente em 1929 com Loyal Edward Davis, um proeminente neurocirurgião de Chicago, Illinois. Mãe e filha se reuniram em Chicago, onde Nancy frequentou a escola e se tornou uma jovem. O Dr. Davis, que morreu em 19 de agosto de 1982, foi Professor Emérito na Northwestern University depois de servir como Professor de Cirurgia lá por mais de 30 anos. Edith Luckett Davis passou a servir em muitas organizações de caridade. Ela morreu em 26 de outubro de 1987 na casa de repouso de Davis em Phoenix, Arizona.

Nancy Reagan teve um relacionamento próximo com seu padrasto e sempre o considerou seu pai. Loyal Davis adotou formalmente Nancy quando ela era adolescente. Anne Francis Robbins tornou-se legalmente Nancy Davis nessa época.

Nancy Davis se formou na Escola de Latim para Meninas de Chicago. Após a formatura, ela frequentou o Smith College em Northampton, Massachusetts, onde se formou em Inglês e Drama. Ela se formou em 1943 e depois seguiu a carreira de atriz profissional.

Nancy Davis foto publicitária

Em sua carreira de atriz, Nancy Davis trabalhou em produções teatrais, cinematográficas e televisivas. Suas performances no palco variavam de estoque de verão a turnês na Broadway. Em 1949, ela assinou um contrato de sete anos com a MGM. Ela fez onze filmes ao todo, incluindo três após seu casamento e muitas aparições na televisão até sua aposentadoria em 1962. Ela e seu marido, o ator Ronald Reagan, apareceram juntos em seu último filme, Hellcats of the Navy, 1956.

Nancy Davis e Ronald Reagan estavam "combinados" em um jantar para discutir alguns problemas que ela estava tendo com outra atriz do Screen Actors Guild (SAG) com o mesmo nome. A outra Nancy Davis estava associada a grupos de frente comunistas e corria o risco de entrar na lista negra nos anos 1950. Nancy pediu ajuda para este problema a Ronald Reagan, membro do Conselho do SAG. Eles começaram a namorar e depois de um namoro de quase dois anos se casaram em 4 de março de 1952 na Igreja Little Brown em San Fernando Valley, Califórnia. Foi seu primeiro e único casamento e o segundo casamento de Reagan. Ele já havia sido casado com a atriz Jane Wyman e eles tiveram dois filhos, Maureen e Michael. Juntos, os Reagan tiveram dois filhos, Patricia Ann Reagan (Patti Davis) nascida em 21 de outubro de 1952 e Ronald Prescott Reagan (Ron Reagan) nascido em 20 de maio de 1958.

Ronald Reagan concorreu com sucesso para governador da Califórnia em 1966 e a Sra. Reagan tornou-se a primeira-dama da Califórnia quando ele foi empossado em janeiro de 1967. Nancy Reagan começou alguns de seus trabalhos de caridade mais públicos nesta época, começando com visitas regulares ao Vietnã ferido Veteranos de guerra, hospitais e lares para idosos e escolas para crianças com deficiência física e emocional. Ela se tornou ativa em projetos relativos a prisioneiros de guerra (POWs) e militares desaparecidos em combate. Ela escreveu uma coluna sindicalizada, muitas vezes comentando sobre este assunto e doando seu salário para a Liga Nacional de Famílias de Prisioneiros Americanos e Desaparecidos em Ação no Sudeste Asiático.

Nancy Reagan em um evento de Foster Grandparents. 1976

Durante uma de suas visitas aos idosos em 1967, a Sra. Reagan observou os participantes do Programa de Avós Foster. Esse programa reúne idosos e crianças com deficiência, e ela logo se tornou sua campeã. Mais tarde, como primeira-dama dos Estados Unidos, a Sra. Reagan continuou a ajudar a expandir o programa em nível nacional e a promover o financiamento privado nas comunidades locais. Com Jane Wilkie, ela é co-autora de um livro, Amar uma criança, sobre o programa Foster Grandparent. Os compositores Hal David e Joe Raposo escreveram e dedicaram à Sra. Reagan o título "To Love a Child".

Os Reagan entraram na Casa Branca em janeiro de 1981 e o projeto especial da primeira-dama Nancy Reagan era lutar contra o abuso de drogas e álcool entre os jovens. Para destacar o problema, ela viajou quase 250.000 milhas pelos Estados Unidos e vários países em conjunto com sua campanha para combater o abuso de substâncias. Ela apareceu em programas de entrevistas na televisão, gravou anúncios de serviço público, escreveu artigos para convidados e visitou programas de prevenção e centros de reabilitação em todo o país para falar com os jovens e seus pais.

Em abril de 1985, a Sra. Reagan expandiu sua campanha de conscientização sobre as drogas para um nível internacional, convidando as primeiras-damas de todo o mundo para participar de uma reunião de dois dias em Washington, D.C. e Atlanta, Geórgia, sobre o tema do abuso de drogas entre jovens. Durante o 40º aniversário das Nações Unidas em 1985, a Sra. Reagan recebeu 30 primeiras-damas para uma segunda conferência internacional sobre drogas. Ela também foi a primeira primeira-dama americana a se dirigir ao Terceiro Comitê da Assembleia Geral das Nações Unidas, de cuja reunião ela compareceu em outubro de 1988.

A Sra. Reagan adorava entretenimento, decoração para casa e moda. Durante anos, ela apareceu em público com roupas elegantes e caras. Isso continuou na Casa Branca. O país estava sofrendo uma recessão profunda quando o governo Reagan começou e a imagem de sofisticação e riqueza que a primeira-dama exibia parecia, na melhor das hipóteses, insensível ao sofrimento de muitos americanos. Essa imagem, junto com as controvérsias sobre o custo de sua redecoração na Casa Branca e o pedido de um conjunto muito caro de porcelana para a Casa Branca - tudo pago com fundos doados - criou uma imagem difícil para a primeira-dama em seus primeiros anos. Então a Sra. Reagan reconheceu que estilistas estavam emprestando roupas de grife. Depois de dois anos de críticas sobre essas questões, a primeira-dama apareceu no jantar anual Gridiron em Washington, DC zombando de sua imagem em um guarda-roupa incompatível, apresentando uma paródia musical de "Second Hand Rose" intitulada "Second Hand Clothes". O momento foi um grande sucesso junto à imprensa e ao público. Embora sua imagem continuasse sendo um problema em todo o governo Reagan, tornou-se menos polêmica a partir desse momento.

Apesar das polêmicas, ela teve muitos admiradores. Em cada pesquisa anual Gallup de 1981 a 1989, o público americano votou na Sra. Reagan como uma das dez mulheres mais admiradas do mundo e, em 1981, 1985 e 1987, votou em seu número um.

Em outubro de 1987, uma mamografia detectou uma lesão na mama esquerda de Nancy Reagan, e era câncer. Ela foi submetida a uma mastectomia radical em 17 de outubro de 1987. A Sra. Reagan decidiu compartilhar seu diagnóstico e tratamento com o público e se tornou uma defensora da detecção precoce.

Depois de deixar a Casa Branca, a Sra. Reagan estabeleceu a Fundação Nancy Reagan para continuar sua campanha para educar as pessoas sobre os graves perigos do abuso de substâncias. Em 1994, a Fundação Nancy Reagan uniu forças com a Fundação BEST para um amanhã sem drogas e desenvolveu o Programa Afterschool de Nancy Reagan, um programa de prevenção de drogas e habilidades para a vida para jovens. A Sra. Reagan continuou a viajar nacional e internacionalmente, falando sobre os efeitos nocivos das drogas e do álcool.

Em outubro de 1989, as memórias da Sra. Reagan, Minha vez, foi publicado pela Random House. Em 1994, Ronald Reagan anunciou sua aposentadoria da vida pública devido ao diagnóstico de doença de Alzheimer.

Nos anos restantes, a Sra. Reagan dedicou seu tempo a projetos relacionados à Biblioteca Presidencial Ronald Reagan em Simi Valley, Califórnia. Ela atuou no Conselho da Fundação Presidencial Ronald Reagan, uma organização sem fins lucrativos e apartidária dedicada a desenvolver e promover os Quatro Pilares da Liberdade do Presidente Reagan: preservar a liberdade individual, promover oportunidades econômicas, promover a democracia em todo o mundo e inspirar orgulho em nosso patrimônio nacional.

A Sra. Reagan celebrou seu grande caso de amor com o presidente Ronald Reagan publicando, Eu te amo, Ronnie: as cartas de Ronald Reagan para Nancy Reagan,em 2000. O livro foi uma biografia leve de sua vida juntos, intercalada com cartas de amor e outras correspondências entre o presidente e sua primeira-dama.

Embora atuasse nessas áreas, a maior parte do tempo, de 1994 até sua morte em 2004, foi a principal cuidadora do presidente Ronald Reagan e sua luta contra a doença de Alzheimer. O mundo assistiu a este casal dedicado lidar com coragem e honestidade com o declínio de Reagan e sua eventual morte.

Após a morte do presidente Reagan, a Sra. Reagan trabalhou ativamente com a Associação Nacional de Alzheimer e sua afiliada, o Ronald & amp Nancy Reagan Research Institute em Chicago, Illinois. Ela se tornou uma defensora declarada da pesquisa com células-tronco como uma possível cura ou tratamento para a doença de Alzheimer. Ela pressionou o presidente George W Bush diretamente sobre o financiamento federal para pesquisas com células-tronco e foi influente na decisão de Bush de proibir o financiamento federal. Seu filho, Ron Reagan, mais tarde discursou na Convenção Nacional Democrata pedindo apoio federal para pesquisas com células-tronco.

Nancy Reagan continuou a trabalhar para apoiar o legado do presidente Reagan, aceitando prêmios em seu nome e trabalhando com a Fundação Presidencial Ronald Reagan para comemorar o 100º aniversário de seu nascimento em 6 de fevereiro de 2011. Sua saúde piorou com uma série de quedas em sua casa que resultou em ossos quebrados. Ela morreu de insuficiência cardíaca tuberculosa em sua casa em Bel Air, Califórnia, em 6 de março de 2016. Ela tinha 94 anos.

Nancy Davis Reagan está enterrada no terreno da Biblioteca Presidencial Ronald Reagan ao lado de seu marido, o presidente Ronald Reagan.


Árvore genealógica de Nancy REAGAN

Anne Frances Robbins nasceu no Sloane Hospital for Women, em Manhattan, em Nova York, filha única do vendedor de carros Kenneth Seymour Robbins (1894–1972) e de sua esposa, atriz, Edith Luckett (1888–1987). Sua madrinha era a estrela do cinema mudo Alla Nazimova. Ela viveu seus primeiros dois anos em Flushing, Queens, em Nova York. Embora seus pais tenham se divorciado logo após seu nascimento, eles já estavam separados há algum tempo. Enquanto sua mãe viajava pelo país em busca de empregos como atriz, Nancy foi criada em Bethesda, Maryland, pelos seis anos seguintes, com sua tia Virginia e seu tio Audley Gailbraith. Nancy descreve o desejo de sua mãe durante aqueles anos: "Meus tempos favoritos eram quando minha mãe trabalhava em Nova York e tia Virgie me levava de trem para ficar com ela."

Em 1929, sua mãe casou-se com Loyal Davis (1896–1982), um neurocirurgião proeminente e politicamente conservador que se mudou com a família para Chicago. Nancy e seu padrasto se davam muito bem, ela escreveria mais tarde que ele era "um homem de grande integridade que exemplificou valores antiquados". Ele a adotou formalmente em 1935, e ela sempre se referiria a ele como seu pai. No momento da adoção, seu nome foi legalmente mudado para Nancy Davis (desde o nascimento, ela costumava ser chamada de Nancy). Ela frequentou a Girls 'Latin School of Chicago (descrevendo-se como uma aluna média), formou-se em 1939 e, mais tarde, frequentou o Smith College em Massachusetts, onde se formou em inglês e drama e se formou em 1943.


© Copyright Wikipédia autores - Este artigo está sob a licença CC BY-SA 3.0

Origens geográficas

O mapa abaixo mostra os locais onde viveram os ancestrais da pessoa famosa.


Nancy Reagan atriz americana

Nancy Reagan foi casada com Ronald Reagan (1952 - 2004).

Há rumores de que Nancy Reagan ficou com Frank Sinatra (1983), Peter Lawford (1940) e Milton Berle.

Cerca de

A atriz americana Nancy Reagan nasceu Anne Frances Robbins em 6 de julho de 1921 em Flushing, Nova York e faleceu em 6 de março de 2016 em Los Angeles, CA aos 94 anos. Ela é mais lembrada por atriz e ex-primeira-dama dos Estados Unidos. Seu signo do zodíaco é Câncer.

Contribuir

Ajude-nos a construir nosso perfil de Nancy Reagan! Faça login para adicionar informações, fotos e relacionamentos, participe de discussões e receba crédito por suas contribuições.

Estatísticas de relacionamento

ModeloTotalMais longaMédiaO mais curto
Casado1 54 anos, 7 meses - -
Rumores3 - - -
Total4 54 anos, 7 meses 13 anos, 7 meses -

Detalhes

Primeiro nome Nancy
Nome do meio Frances
Último nome Reagan
Nome de solteira Robbins
Nome Completo de Nascimento Anne Frances Robbins
Nome alternativo Anne Frances Robbins Reagan, Nancy Davis
Era 94 (idade na morte) anos
Aniversário 6 de julho de 1921
Local de nascimento Flushing, Nova York
Faleceu 6 de março de 2016
Lugar da morte Los Angeles, Califórnia
Causa da morte Insuficiência Cardíaca Congestiva
Sepultado Biblioteca Presidencial Ronald Reagan
Altura 5 & ​​# 039 4 & quot (163 cm)
Construir Esbelto
Cor dos olhos Castanho - Claro
Cor de cabelo Castanho - Escuro
Signo do zodíaco Câncer
Sexualidade Direto
Religião presbiteriano
Etnia Branco
Nacionalidade americano
Ensino médio Sidwell Friends School, Washington, DC (1939)
Universidade Smith College em Northampton, Massachusetts, BA Theatre, Smith College (1943)
Texto de Ocupação Atriz, autora
Ocupação Atriz
Reivindicar a fama Atriz e ex-primeira-dama dos Estados Unidos
Sites Oficiais www.rotten.com/library/bio/entertainers/actors/nancy-reagan/, www.nndb.com/people/870/000022804/, www.whitehouse.gov/about/first-ladies/nancyreagan, www.whitehouse. gov / 1600 / primeiras-damas
Pai Kenneth Robbins, Loyal Davis (padrasto)
Mãe Edith Davis
Membro da família Maureen Reagan (enteada), Ronald Reagan (marido), Patti Davis (filha), Ron Reagan (filho)
Amigo James Cagney, Danny Thomas, Red Skelton, Jack Benny, Katharine Graham, Lillian Gish, Claudette Colbert, Betsy Bloomingdale, June Allyson, Dick Powell, Charlton Heston, Mike Wallace, Robert Stack
Pessoas Associadas Deusa filha de Alla Nazimova

Nancy Davis Reagan (nascida Anne Frances Robbins em 6 de julho de 1921 e # 160– 6 de março de 2016) foi uma atriz de cinema americana e a segunda esposa de Ronald Reagan, o 40º presidente dos Estados Unidos. Ela foi a primeira-dama dos Estados Unidos de 1981 a 1989.


Anne Frances Robbins Davis Reagan - História


Nancy e Ronald Reagan (na foto) se conheceram como atores e apareceram juntos no filme de 1957 Hellcats of the Navy. (Ver UK Daily Mail)

"Sem Nancy, não haveria governador Reagan, nem presidente Reagan."

Michael Deaver, Vice-Chefe de Gabinete Reagan (1981-85)

Nancy Davis: nasceu com o dom do incentivo

Para este ensaio que homenageia a primeira-dama Nancy Reagan (1921-2016), que morreu no domingo aos 94 anos), não quis me alongar sobre os óbvios superlativos biográficos que existem em relação à recém-falecida primeira-dama que revolucionou ainda mais essa posição do que qualquer outra primeira-dama na história presidencial americana, com exceção da esposa de FDR, Eleanor Roosevelt. Aqui, eu quero me concentrar em um aspecto da história de amor que foi Nancy e Ronald Reagan, que foi declarada de forma tão sublime, tão sucinta em 2007 pelo ex-assessor de Reagan, Michael Deaver & ndash "Sem Nancy, não teria havido governador Reagan, não Presidente Reagan. " Em outras palavras, a história demonstrou afirmativamente que Nancy Davis guiou singularmente a carreira de Ronald Reagan de Hollywood até a Casa Branca para ser indiscutivelmente o maior presidente dos EUA do século XX!

Nasceu Anne Frances Robbins em 6 de julho de 1921 & ndash e recebeu o nome de Nancy de sua mãe & ndash. O pai da Sra. Reagan abandonou a família quando ela era uma criança muito pequena. Sua mãe, Edith Luckett Robbins, uma excelente atriz por seus próprios méritos, viajou pelo país com muitos grandes atores de sua época. Mais tarde, ela se casou com o cirurgião Dr. Loyal Davis, e a família mudou-se para Chicago, onde Nancy foi adotada por seu padrasto e assumiu o nome dele, Davis.

Seguindo os passos de sua mãe, depois de frequentar a famosa escola preparatória Sidwell Friends em Washington, D.C., faculdade em Chicago, e mais tarde na Smith, uma faculdade de elite para mulheres em Massachusetts. Após a formatura, a jovem Nancy Davis buscou a profissão de atriz em Nova York e Hollywood, onde, em outubro de 1949, ela se encontrou com o ator Ronald Reagan. Nancy tinha um grande problema com a Câmara do Comitê de Atividades Não-americanas, controlada pelos democratas, onde foi acusada de ser comunista. Reagan, então presidente do sindicato em Hollywood chamado Screen Actors Guild, foi convidado por um diretor de cinema para limpar o bom nome de Nancy. Depois de ajudar a restaurar sua reputação, o casal teve uma química imediata e começou a namorar exclusivamente em 1950. O casal se casou em 1952.

Talvez com as alegações comunistas contra Nancy ainda em sua mente, mais tarde Reagan seria a famosa teoria de como expor um comunista "Como você diz a um comunista? Bem, é alguém que lê Marx e Lenin. E como você diz a um anticomunista? É alguém que entende Marx e Lenin."

    Reagan sentiu, com alguma justificativa, que sua atividade sindical prejudicou sua carreira como ator. Depois de mais de 50 filmes, ele não recebia ofertas de bons papéis. Em 1953, ele foi reduzido a uma rotina de boate em Las Vegas, onde apresentou vários cantores e dançarinos e fez piadas de desculpas sobre sua própria incapacidade de cantar ou dançar. O otimista estava desanimado? Dificilmente. Ele logo recebeu uma oferta de emprego que mudaria toda a sua vida. Por US $ 125.000 ao ano, ele atuaria como apresentador e estrela ocasional de uma série dramática de televisão semanal para a General Electric por 10 semanas a cada ano, ele também atuaria como uma espécie de embaixador da boa vontade para as fábricas da GE em todo o país.

Nancy era uma bola de demolição de uma mulher só e um dínamo. Ela nasceu e foi criada para ajudar os outros a alcançar seu potencial transcendente e em Ronald Reagan ela pintou sua tela mais magnífica para os tempos. Tão forte era seu espírito de encorajamento, sua transcendente Vontade de Poder foi tão duradoura e reveladora, que mesmo após a morte do presidente Reagan em 2004, a Sra. Reagan continuou seu ativismo político. Enquanto ela lutava com seus próprios desafios físicos que teriam afastado a maioria das outras pessoas em seus 80 e 90 anos & ndash, como uma pelve quebrada em 2008 e três costelas quebradas em 2012. Destemida, Nancy lutou para patrocinar pesquisas de células-tronco, pesquisas de Alzheimer e outras atividades sociais causas que a afetaram, sua família e a sociedade.

    What the public saw was a couple intensely devoted to one another. They were always holding hands. Ronald Reagan visibly lit up when Nancy entered the room. And then there was the "gaze" &ndash Nancy would look adoringly at her husband when he spoke, seeming to hang on his every word.

Think about all the great men through the Ages &ndash from antiquity to the present. Think about all the great, transcendent figures that have positively affected history and humanity like a Ronald Reagan and examine their biographies &ndash Did they have a strong, courageous, visionary woman in their corner comer, a woman who would stand with them come hell or high water? Reagan did.

    First Lady Nancy Davis Reagan (1921-2016) died Sunday. Second only to Eleanor Roosevelt in using that position to effect positive change on society and specially to elevate her husband, Ronald Reagan from a C-List Hollywood actor doing bit parts in Las Vegas Shows 1948-52 to the U.S. Presidency and arguably the greatest U.S. President of the 20th century.

After that gig (starting pay: $125,000 per year), where he honed his reading, literary and rhetorical skills writing his own GE business pitches while traveling across America meeting people and leaning the intricacies of human nature &ndash skills he would later adopt, develop and use as an orator and legendary speech writer &ndash introducing candidate Sen. Barry Goldwater (R-AZ) at the 1964 Republican Convention with his iconic primer to Conservatism &ndash A Time for Choosing. From that iconic speech in less than 2 years Nancy helped Reagan to become the two-term Governor of California (1967-75), absent any political experience).

Next Nancy used her legendary encouragement gifts for Reagan to coming within 11 electoral votes and nearly winning the 1976 Republican nomination against a sitting President Gerald Ford, who was appointed after Nixon was forced to resigned due to the Watergate political cover-up. But perhaps Nancy's greatest feat of helping Reagan reach the depths of potential and greatness he never knew he had, to raising him up from the abyss of despondency, defeat and despair which Reagan suffered after losing that 1976 GOP nomination, to rise yet again from the ashes like the mythical Phoenix to run for the U.S. presidency once again in 1980 against a sitting Democrat President Jimmy Carter and winning against all odds.

What many people fail to remember from their study of American presidential history is that during the 1980 election where Ronald Reagan was called "The Original Mr. Anti-Establishment," was that the Republican Political Establishment didn't all sing Reagan's praises. Most GOP politicians and all of the Democrat media at the time thought Reagan to be crazy, an anti-Communist zealot (conspiracist), a cowboy, and not a serious politician, openly mocking Reagan's aphorism &ndash "Government's view of the economy could be summed up in a few short phrases: If it moves, tax it. If it keeps moving, regulate it. And if it stops moving, subsidize it." To Nancy's credit, she ignored the critics and reflexive Reagan haters and urged her husband to lick his wounds from his 1976 defeat by Gerald Ford, and go full power for the presidency again in 1980.

History has now affirmed beyond any doubt that Nancy Davis was not only the unheralded architect of the metamorphosis of Ronald Reagan &ndash softening some of the rougher, warmongering edges of husband, polishing his oratory and writings skills, and even after he won two landslide victories in 1980 and 1984, Nancy would not rest on his laurels but urged Reagan to pull America back from abyss of World War III and the existential nuclear Armageddon that threatened the U.S. and USSR since 1945 with the end of World War II. It was Nancy who compelled President Reagan to enter into a Nuclear peace treaty with America's arch enemy, the Communist Soviet Union and their unflappable leader, Premiere Mikhail Gorbachev. It was Nancy who pushed Reagan to not sacrifice SDI (Strategic Defense Initiative) at the 1986 Nuclear Peace Conference in Reykjavik, Switzerland when on that fateful, cold autumn day Reagan walked out on Gorbachev by standing on the principle of AMERICA FIRST.

History repeats itself: Reagan vs. Trump

Just as it were with the Republican Socialist Party hating Reagan in 1980, so it is in 2016 against Trump. In other words, there were many, many hateful and untrue allegations said against Reagan by his political rivals in 1960s-1980. For example, Reagan's 6 political rivals during the 1980 GOP elections were &ndash Phil Crane, Howard Baker, John Connally, Robert Dole, George Bush and John Anderson. Also virtually every Republican in Congress at that time together with the Democrat Socialist media, all hated Reagan and Reagan conservatism with a fanatical passion. Thus, the same Establishment figures then spewing hateful, jealous, untrue things about Reagan in 1964-1980 were the political progenitors of today spewing the same anti-America propaganda about Reagan's political successor. Donald J. Trump.

Trump tweeted: "Nancy Reagan, the wife of a truly great President, was an amazing woman. She will be missed!" Indeed, Nancy Davis Reagan was the embodiment of the Soul of Ronald Reagan. Now they are together, forever in heaven.


Happy Birthday Mr. President: The couple celebrate the former President Reagan's birthday (1993)

I end this essay tribute with the prescient epitaph to First Lady Nancy Davis, Reagan's Soul, by President Reagan's Deputy Chief of Staff, Michael Deaver &ndash "Without Nancy, there would have been no Governor Reagan, no President Reagan."

Please purchase my latest opus dedicated to that Conservative Colossus, Supreme Court Justice Clarence Thomas. Here are the latest two new volumes from my ongoing historical series &ndash THE PROGRESSIVE REVOLUTION: History of Liberal Fascism through the Ages (University Press of America, 2015):

Please circulate this flyer to all your email contacts & Facebook/Twitter followers who may be interested in purchasing this opus which will serve as a ready apologetic against the rampant Marxist-Progressive propaganda taught in America's public schools, colleges, universities, graduate schools, and law schools. Thanks in advance to all my friends, associates and colleagues for your invaluable support! Law and History Blog: www.EllisWashingtonReport.com

Invitation for manuscripts


Conteúdo

She was born at Sloane Hospital for Women in Manhattan, New York City. Her birthname was Anne Frances Robbins. [2] The names of her parents were Kenneth Seymour Robbins and Edith Luckett. Edith Luckett was an actress. When Nancy was six years old, her mother married Dr. Loyal Davis. Dr. Loyal Davis was a neurosurgeon. Dr. Davis adopted Nancy as his daughter when she was 16 years old. [2] She changed her name to Nancy Davis because of this. [2] She spent her childhood in Chicago, Illinois. She was also goddaughter of Russian-born silent movie star Alla Nazimova. Nancy studied at Girls' Latin School and at Smith College in Massachusetts. From Smith College, she was good in theater.

After her graduation, she became an actress. She acted in many plays and movies. One of them was the hit musical Lute Song. She became famous as Nancy Davis. She had roles in eleven movies from 1949 to 1956. In a movie named Hellcats of the Navy (1957), she played a role. In the movie she co-starred along with her husband Ronald Reagan. Her last movie was 1958's Crash Landing. After this, she appeared in television dramas until 1962. After 1962, she retired as an actress.

She met Ronald Reagan in 1951. At that time Reagan was the president of the Screen Actors Guild (SAG). Another actress with the same name (of Nancy) had appeared in a Hollywood blacklist. This name confusion had created problems for Nancy. Anyone with his or her name in the Hollywood blacklist was unable to get any work in any movie. As she would not get any roles due to the name in the Hollywood blacklist, she met Reagan to clear this issue. Over a period of time, they came closer to each other. They married on March 4, 1952 in Los Angeles, California. Nancy once remembered: "My life really began when I married my husband." [3]

The Reagans had two children. She gave birth to a daughter Patti Davis on October 21, 1952, seven months after the couple's wedding. She gave birth to a son named Ron Reagan on May 20, 1958. Nancy Reagan is also stepmother to Michael Reagan and the late Maureen Reagan. Michael and Maureen were the children of Ronald Reagan's first marriage to actress Jane Wyman.

Ronald Reagan was governor of California for two terms, from 1967 to 1975. During this period, Nancy Reagan was the First Lady of California.

The officials of the fire department had described official residence of the Governor in Sacramento, California as a “firetrap”. She then made Reagan and the whole family move to a wealthy suburb. Some people thought moving the governor's mansion was a bad idea.

She was very active as the First lady of California. She visited war veterans, the elderly people, and the handicapped people. She also worked with many groups working for charity. One such program was the Foster Grandparent Program. She continued her part with the Foster grandparent program when she came to Washington, D.C. as the First Lady of the United States.

When Ronald Reagan became President of the United States in 1981, Nancy Reagan began her role actively as the First Lady.


Reagan National Nameport

The news that Metro officials have been forced to spend $400,000 on a new series of signs reading "Ronald Reagan Washington National Airport" has been welcomed by devotees of the 40th president with the same satisfaction that Welsh nationalists felt when they emblazoned one of the smallest rail stations in Britain "Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch."

However, those of us with correct political attitudes are offended by the insensitivity that Reagan-worshipers in Congress have shown toward other Americans -- particularly persons of gender, whom the new signs either slight or ignore. At very least, the vital role played by Mr. Reagan's wife, Nancy, throughout his political career should be recognized. Why not alter the signs to read, "Ronald and Nancy Reagan Washington National Airport"?

Of course, this could raise the ticklish issue of discriminatory nomenclature. Feminists might demand that if Mrs. Reagan is to be equally honored, she should enjoy the separate dignity of her premarital name. So perhaps the signs should be further amended to, "Ronald and Nancy Davis Reagan Washington National Airport."

I say perhaps because research by Kitty Kelley, Mrs. Reagan's biographer, has established that the former first lady was originally called Anne Frances Robbins. As she was early deserted by her biological father, we can only sympathize with the little girl's desire to be identified with her subsequent stepfather, Dr. Loyal Davis. But Metro memorializing must be informative as well as reverential. So how about "Ronald and Anne Frances Robbins Nancy Davis Reagan Washington National Airport"?

Unfortunately, such a designation would shortchange the memory of the father of our nation, whose name was attached to the riverside field long before Mr. Reagan's. Note that even then, signmeisters denied President Washington the courtesy of being known as his mother knew him. A happy compromise suggests itself: "Ronald and Anne Frances Robbins Nancy Davis Reagan George Washington National Airport."

But what about the woman who was as indispensable to Mr. Washington as Nancy was to the Gipper? Martha Washington, nee Dandridge, a k a the widow Custis when George met her, definitely merits equal-opportunity signage. I therefore propose that our local gateway be renamed, "Ronald and Anne Frances Robbins Nancy Davis Reagan George and Martha Dandridge Custis Washington National Airport."

Whoops -- I forgot to mention Jane Wyman, the distinguished actress who was Ronald Reagan's first wife and helpmeet. She should be honored too. Taking into account her own adoptive and marital self-transformations, that would make it "Ronald and Sarah Jane Mayfield Fulks Wyman Futterman and Anne Frances Robbins Nancy Davis Reagan George and Martha Dandridge Custis Washington National Airport."

If this majestic title (admittedly somewhat longer than "Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch") proves to be too much of a strain on Metro's budget, maybe we should dispense with ideological incense-swinging and go back to calling it plain old "National Airport." One relieved person, at least (were he able to comprehend the sentimental excesses visited on his memory) would be Ronald Reagan himself, who once feelingly remarked, "Those fellows up on the Hill can never [chuckle] have too much of a good thing."

Edmund Morris is author of "Dutch: A Memoir of Ronald Reagan" and of "Theodore Rex."


Assista o vídeo: Anne Stewart on Nancy Davis Reagan